Back.

Antes de vir para Londres, tinha a ideia de fazer o blog. Ou de ressuscitar o antigo, se fosse o caso. A idéia era, sim, manter a atualização constante dos filmes assistidos, mas também abrir o leque de assuntos, focando principalmene na nova fase da vida pelo velho continente.

 

Mas quem disse que tudo sai como o planejado? Mais de dez meses depois, parece mentira, mas só agora sobrou um tempo decente para colocar a ideia em prática. Ou será que só agora bateu a vontade de verdade? Ou mais: será que só agora vale mesmo a pena falar da vida?

Um pouco de tudo, certamente…

 

Mas enfim. Poeira baixada, a vida londrina está bem mais “estável”, se é que tal termo é possível de aplicar-se à capital da Inglaterra. Principalmente para um forasteiro. Mas enfim… pelo menos aparentemente, o pior já passou mesmo. E agora, anda sobrando tempo (e alguns pounds) pra fazer outras coisas legais. Se não ainda na proporção desejada/sonhada, pelo menos engatinha-se para tal…

 

E coisa legal número 1, leia-se, óbvio (para quem me conhece), cinema! Yes sir, aqui é o paraíso pra qualquer cinéfilo como eu.

Lembro bem de nos primeiros meses, enquanto ia descobrindo os sites que anunciavam premières, diretores/atores participando de debates, entrevistas  e coisas mil, de também não dispor de verba para esbanjar em tais luxos. Pela necessidade de ralar dia e noite – e de descobrir “talentos profissionais” nunca antes imaginados – Gus Van Sant passou reto. Ron Howard também. Tantas peças de teatro. Mas, muitos calos no pés e nas mãos depois, o saldo anda melhorzinho agora. No bolso e na mente. Thank God!

 

Futilidades para alguns, êxtase para outros. Fato é que, para um rio-grandino (entenda-se: cinéfilo que um dia amargurou a notícia de não haver mais sala de cinema em sua cidade), dispor de centenas (sim, múltilpos de 100) de opções cinematográficas, e todo mês (às vezes semana) ter a chance de se deparar com alguns dos profissionais que mais admirou a vida inteira, não é pouca coisa não.

 

Se pra cada choro no fim de noite de saudade da família e dos amigos, pra cada respiro muuuuito fundo pra ter que aguentar flatmate desgraçado fumando e bebendo na cozinha a madrugada toda, e de estar à beira de uma overdose de pizza congelada e McDonald´s, também há momentos de verdadeira redenção. Uma rápida foto com Isabelle Huppert, um fim de semana em Paris, ou um passeio do lado de lá da grade do tapete vermelho ao lado de Mr. Tarantino, dão fôlegos novos para encarar os desafios diários dessa terra.

 

E que venham os próximos.

 

Espero seguir com a mesma disposição e compartilhá-los com quem lê-los aqui.

E por aqui, mais do que nunca, qualquer comentário será mais do que bem-vindo.

Advertisements

4 Comments

Filed under Londrices

4 responses to “Back.

  1. Arrozzzz imagino bem o que passaste nos primeiros tempos, a diferença é que eu tinha a Nininha Cadela comigo…e só alguns km de distância..rss Mas nada me atraía ou me motivava assim como o cinema faz vc vibrar.. És um vencedor, amado e isso me faz contente, afinal foste o último a “apagar a luz de Rio Grande” e o que foi morar mais longe..hehe.. um super beijo meu amigo de alma poeta, saudades 1000. Te amo.

    Like

  2. http://cinema.terra.com.br/interna/0,,OI4003403-EI1176,00-Confirmado+Friends+ganhara+versao+para+o+cinema.html

    esse temos que ver juntos. missi

    lovi

    rapha

    Like

  3. Halal

    Aeeeeeeeeeeeeeeeeee, demorou!
    Mas vem cá, que tu quer com Ron Howard?

    Like

  4. Ana

    Rodrigo, querido, que delícia ler este post. Primeiramente porque compartilhei e vivi muitas das coisas que você escreveu nele e, por isso, sei exatamente o que você quer dizer com elas, e depois por ver como você está bem e, aparentemente, feliz.
    Você lembra que em nossas conversas pelo msn tínhamos a intenção de criar um blog? Talvez do dia-a-dia londrino ou de viagens pela Europa. Enfim, como você bem disse, nem tudo sai como o planejado. Mas não vejo com tristeza o fato de o nosso blog não ter saído, porque sei que se não o fizemos foi porque estávamos vivendo tão intensamente que não dispúnhamos do tempo necessário.
    Fico feliz de saber que você está alcançando os objetivos que foi buscar em Londres e espero que continues compartilhando isso aqui no blog, porque eu, certamente, estarei lendo com saudades.

    Beijos

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s