The Help, Considine&cia e Annie³

Sem muito tempo pra postar, mas só pra não deixar de registrar a movimentada semana passada. Encarei uma première, na grade, que há muito tempo não fazia. Fui ver um preview e dei de cara com uma première sem querer. E ainda tive um terceiro encontro com uma de minhas cantoras preferidas.

As muitas poses de Emma Stone

Dupla das boas (fotos, não tanto): Viola Davis e Octavia Spencer

Assisti The Help (Histórias Cruzadas no Brasil, com estreia prevista só pra fevereiro) em agosto no Empire Big Screen, como um dos previews, e fui sem muita expectativa, mas acabei saindo muito satisfeito. O filme é bem legal e já tá cotado pro Oscar (filme, atriz e coadjuvantes). Daí não resisti e fui lá catar as atrizes. Por ordem de “importância hollywoodiana” estavam:  Emma Stone, Viola Davis e Octavia Spencer. As três são ótimas, mas confesso que fui por causa da Viola. Não cheguei a me decepcionar (porque no fim ela até sorriu na hora da minha foto), mas achei ela meio antipática, com a cara muito séria enquanto autografava. Já Octavia é a mesma palhaça do filme (tirou os sapatos quando não conseguia andar direito pelo tapete vermelho), e simplesmente adorável. E Emma é aquela graça que parece – sempre alegre, com aqueles  dentões pra fora. Foi a mais assediada, obviamente, e olha que ainda nem chegou o Homem-Aranha…

Prata da casa: o diretor estreante Paddy Considine e seu espetacular elenco

Tinha comprado o ingresso para conferir no BFI o preview de Tyrannosaur (sem previsão ou título no Brasil), seguido de uma Q&A com Paddy Considine. Cheguei lá e inadvertidamente me deparei com uma minipremière, com direito a todo o elenco e mais parte da equipe. Ruim, não? Pra resumir: pouco provável que vá ver um filme mais impactante este ano. Aqueles dramas domésticos que só os britânicos sabem fazer (a la Nil By Mouth) e, sem precisar dizer mais nada, traz a interpretação feminina mais impressionante do ano(s?) – chega a me revoltar a ideia de ter, por exemplo, Keira Knightley entre as possíveis indicadas ao Oscar ano que vem e não ter Olivia Colman. Ela é de uma timidez e graciosidade ao vivo, que só deixa a gente mais fã ainda. Além dela e de Considine (que promete e muito como diretor), estavam lá Peter Mullan e Eddie Marsan, duas entidades britânicas. Realmente uma noite memorável. ✰✰✰✰

Fotinho roubada: Annie Lennox apresentando "sua casa"

E pra encerrar os grandes encontros da semana, dona Annie Lennox, pela terceira vez, dessa vez sem música. Há pouco ela inaugurou uma exposição/instalação no Victoria & Albert Museum (um lugar que, com muita vergonha, só fui conhecer agora, e saí completamente apaixonado), com objetos, figurinos e marcos importantes da carreira dela. E nesse dia ela deu uma entrevista no palco, falando sobre sua trajetória e inspirações. Sempre inteligente, engajada, descontraída e com um senso de humor megabritânico, foi mais uma vez uma delícia de ser vista e ouvida. Infelizmente, fotos eram proibidas (incluindo na instalação), então só rolou essa aqui roubada e de longe.

Fora isso, vi finalmente o último Woody Allen (✰✰✰✰½ pro Meia-Noite em Paris, me lembrou a ingenuidade de A Rosa Púrpura do Cairo) e revi O Rei Leão no cinema, 17 anos depois – caguei pro 3D (como de costume), mas o filme segue uma obra-prima. ✰✰✰✰✰

Bom, e se não tenho tempo agora, nem quero imaginar a partir da próxima quarta (12), como será. London Film Festival é sempre sinônimo de pouco sono. Mas quem se importa? 36 filmes em 16 dias me esperam, e com um show de uma tal Elza no meio pra… espantar o tédio? Aham…

Advertisements

Leave a comment

Filed under Famosos, Filmes vistos, Londrices

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s